Polícia Civil instaura 1.121 inquéritos de crimes no trânsito na região metropolitana

Polícia Civil instaura 1.121 inquéritos de crimes no trânsito na região metropolitana
janeiro 21 09:53 2020

Durante o ano passado, a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito de Cuiabá (Deletran) instaurou 1.121 inquéritos e concluiu outros 1.166 relacionados a mortes e lesões no trânsito, entre outras ocorrências. A unidade atende a Capital e também em Várzea Grande, o que resultou em registros de 10.440 boletins de ocorrências no período.

As equipes da Deletran também integraram 37 edições da Operação Lei Seca realizadas na região metropolitana. A delegacia também instaurou 938 e concluiu 944 termos circunstanciados de ocorrências.

“Apesar das estatísticas de acidentes de trânsito em geral apresentar crescimento, a Deletran, por mais um ano seguido, conseguiu superar a produtividade de anos anteriores, contribuindo para a redução da impunidade dos responsáveis pelo aumento da violência no trânsito”, destaca o delegado titular, Christian Alessandro Cabral.

Conforme dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Segurança Pública, as mortes no trânsito da Capital tiveram redução de 39%, com 76 ocorrências em comparação com o mesmo período de 2018 que registrou 124 mortes. Já Várzea Grande apresentou diminuição de 24%, com 42 ocorrências, enquanto que no anterior foram 55 mortes.

As vias públicas de Cuiabá onde se concentra a maior parte das ocorrências são a Avenida 15 de Novembro, Avenida Fernando Corrêa da Costa, Avenida Tenente-coronel e Avenida Brasil. Em relação aos bairros, a maior parte das ocorrências foi registrada no Porto, seguido do Boa Esperança, Tijucal; Centro Norte, CPA 2, Centro Político e Administrativo, Centro Sul, Dr. Fábio Leite, zona rural e Pedra 90.

Em Várzea Grande, a maioria das ocorrências com vítimas no trânsito está localizada nas vias: Avenidas Couto Magalhães e Filinto Müller; Avenida Jorge Witiczak; Avenida Governador Júlio Campos; Avenida da FEB e Avenida Alzira Santana.

Já os bairros com mais registros de ocorrências com vítimas de lesão corporal são: Centro, seguido do Cristo Rei, Jardim Glória, Manga, Nova Várzea Grande, Alameda, Jardim Aeroporto, Imperador, Ponte Nova e Jardim Marajoara.

 

 

 

 

Fonte: PJCMT

PI 70357 (468x60)

Powered by WP Bannerize

  Categories: